RELATIONSHIP BETWEEN VEGETATION INDICES AND ALTIMETRY IN TRIUNFO-PE, BRAZIL

João Antonio dos Santos Pereira, Luciana Mayla de Aquino França, Josiclêda Domiciano Galvíncio

Abstract


To make an analysis of the natural conditions of a particular area it is necessary to take into consideration the various variables that it has influence. The most used in these studies are the temperature and precipitation, however, this paper proposes a more comprehensive analysis and inserts the altitude as being one of those important variables. Today it is possible to study various aspects of a natural area through the techniques of Remote Sensing and Geoprocessing. This technique, combined with a good data base allows us to accurately plot the physiognomy of the field of study. Events such as deforestation, expansion of urbanization, land use, and also their composition, are features that can, for example, be the object of study through the geotechnologies. With this in mind, the present work aims to make an analysis of the natural aspects of the municipality of Triunfo, located in the Vale do Pajeú, microregion of Pernambuco. On which note that the altitude is a relevant factor in the physical characteristics of the region, due to the clear increase in the density of vegetation in virtue of the largest dimensions altimetric data.


References


Andrade, I. (2008). O Uso de Técnicas de Sensoriamento Remoto na Identificação de Formas na Região de Porto Rico, Planície de Inundação do Alto Rio Paraná, MS/PR. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Maringá. MARINGÁ, PR. Disponível em: . Acesso em maio de 2012.

Chagas, M.; Galvíncio, J.; Pimentel, R. (2010). Avaliação da Dinâmica Espectral da Vegetação de Caatinga. Revista de Geografia (Recife), América do Norte, 25 5 09.

Doyle, F.J. (1978). Digital terrain models: an overview. Photogrammetric Engineering

and Remote Sensing, v.44, n.12, p.1481-1485.

Ferreira, G.F.; Costa. A.P.R.; Candeias, A.L.B. (2011). Análise Comparativa de Modelos Digitais de Elevação. Anais XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, Curitiba, PR, Brasil. INPE p.2324. Universidade Federal de Pernambuco, 2011. RECIFE, PE. Disponível em: . Acesso em abril de 2012.

Fonseca, B. M.; Carvalho, G. A.; Moura, A. C. M. (2007). O Uso dos Modelos Digitais de Elevação no Mapeamento, Análise e Ensino da Geomorfologia. XXIII Congresso Brasileiro de Cartografia, Rio de Janeiro, Brasil.

Fritsons, E.; Mantovani, L.E.; Aguiar, A.V. (2008). Relação entre Altitude e Temperatura: Uma Contribuição ao Zoneamento Climático no Estado do Paraná. REA – Revista de Estudos Ambientais. V.10, nº 1, pag. 49-64.

Oliveira, T., Machado, C., Silva, J., Galvíncio, J., Pimentel, R., & Silva, B. (2010). Índice de umidade (NDWI) e análise espaço-temporal do albedo da superfície da bacia hidrográfica do rio Moxotó-PE. Revista Brasileira de Geografia Física, 3(2). Recuperado 2012-09-14, de http://www.ufpe.br/rbgfe/index.php/revista/article/view/130/106

Jensen, J.R., (2009). Sensoriamento Remoto do Ambiente: Uma perspectiva em recursos terrestres. São José dos Campos, Editora Parêntese.

Laurentino, M. L. S.; Da Silva, H. A.; Galvincio, J.D. (2011). Aplicação dos índices de NDVI e EVI como análise da variação fisionômica da vegetação no Brejo de Altitude de Serra Negra-Bezerros/PE-Brasil. XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, Curitiba, PR. p. 3182-3189.

Morais, Y.C.B.; Santos, B.O.; Laurentino, M.L.S.; Silva, J.C.B.; Galvíncio, J. (2011). Análise Espaço-Temporal e Detecção de Mudanças da Cobertura Vegetal no Município de Floresta/PE – Brasil, utilizando o NDVI. Anais XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, Curitiba, PR, Brasil, INPE p.2128. Universidade Federal de Pernambuco, RECIFE, PE. Disponível em: < http://www.dsr.inpe.br/sbsr2011/files/p1455.pdf>. Acesso em março de 2012.

Quartaroli, C.F.; Batistella, M. (2005). Processamento de Imagens de Sensoriamento Remoto: Tutorial Básico. EMBRAPA. Campinas.

Rosemback, R.; França, A.S.; Florenzano, T.G. (2005). Análise comparativa dos dados NDVI obtidos de imagens CCD/CBERS-2 e TM/LANDSAT-5 em área urbana. In Anais do XII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, Goiânia, pp. 1075-1082.

Santana, F.L.C; Galvíncio, J. (2011). Análise dos Impactos da Expansão Urbana no Município de Jaboatão dos Guararapes em Pernambuco. III Workshop de Mudanças Climáticas e Recursos Hídricos do Estado de Pernambuco. Universidade Federal de Pernambuco. RECIFE, PE.

Silva Sá, I.; Galvincio, J.; Beserra, M.; Sá, I. (2008). Uso do Índice de Vegetação da Diferença Normalizada (IVDN) para Caracterização da Cobertura Vegetal da Região do Araripe Pernambucano. Revista Brasileira de Geografia Física, América do Sul, 116 126,

Sommer, J.; Saldanha, D. (2009). Análise Temporal do Uso e Cobertura dos Solos no Município de São Jose dos Ausentes, Rio Grande do Sul, Brasil. Revista Brasileira de Geografia Física, América do Sul.

Souza, R.V.C.C. (2009). Caracterização de Solos em uma Topoclimossequência no Maciço de Triunfo - Sertão Pernambucano. Dissertação de Mestrado – Universidade Federal Rural de Pernambuco, 2009. RECIFE, PE. Disponível em: Acesso em maio de 2012.

ZAPE digital. (2001). Zoneamento Agroecológico do Estado de Pernambuco/Fernando Barreto Rodrigues e Silva... [et al.] Recife: Embrapa Solos – Unidade de execução de Pesquisa e Desenvolvimento – UEP Recife; Governo do Estado de Pernambuco (Secretaria de Produção Rural e Reforma Agrária).


Full Text: PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.