Revista Brasileira de Geografia Física, Vol. 6, No 2 (2013)

Mapeamento da Vulnerabilidade das Terras da Bacia Hidrográfica do Rio Taperoá (Mapping the Vulnerability of the Land of River Basin Taperoá)

Paulo Roberto Megna Francisco, Iede de Brito Chaves, Lucia Helena Garofalo Chaves, Ziany Neiva Brandão, Eduardo Rodrigues Viana de Lima, Bernardo Barbosa da Silva

Resumo


A inadequação do uso e do manejo das terras tem degradado os solos, acelerando o impacto das atividades humanas sobre o meio ambiente, particularmente nas regiões semiáridas do Nordeste brasileiro. Partindo do pressuposto de que a erosão do solo é o efeito mais marcante da degradação ambiental, e que a cobertura vegetal e a declividade do terreno são os fatores determinantes do processo erosivo, este trabalho teve como objetivo mapear a vulnerabilidade das terras da bacia hidrográfica do rio Taperoá através do índice de vegetação por diferença normalizada e do índice de biomassa da vegetação lenhosa utilizando imagens de satélite. Foi utilizado o software ERDAS para gerar a imagem-índice e o SPRING para gerar o mapa de vegetação, declividade e vulnerabilidade. Concluiu-se que a boa correlação entre os índices possibilitou o mapeamento da vegetação de caatinga. O cruzamento do mapa de declividade e de vegetação permitiu diagnosticar a vulnerabilidade da bacia. Constata-se que 28,66% da área total da bacia estão com maior vulnerabilidade. Estima-se que 61,98% da área da bacia estejam em processo avançado de degradação.

 

 

 

A B S T R A C T

Inadequate use and land management has degraded soils, accelerating the impact of human activities on the environment, particularly in the semiarid regions of northeastern Brazil. Assuming that soil erosion is the most striking effect of environmental degradation, and the vegetation cover and land slope factors are important determinants of the erosion process, this study aimed to map the vulnerability of watershed land river Taperoá. It was used vegetation index (NDVI) satellite images to estimate the degree of vegetation cover, expressed by the biomass index of woody vegetation (IBVL) and SRTM database to generate the slope map. With ERDAS software was generated the index image and with SPRING program maps of vegetation, slope and vulnerability. The results show that the simplified model for estimating risk of erosion (vegetation and slope) presents results consistent with field observations and studies that link the main area mapped as high and very high vulnerability, such as area very severe and severe degree desertification Cariri Paraiba. In general, due to the occurrence of flat and smooth relief in 87% of the area, the basin has a low and very low degree of vulnerability in 61.1% of its land.

 

 

Keywords: Semiarid, vegetation index, remote sensing


Texto Completo: PDF

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.